sexta-feira, 25 de julho de 2008

Tempo,tempo...


Tenho o tempo que careço
Sem ter tempo que mereço
Sem merecer o que penso
Pensando em teu regaço
No teu corpo sinto o traço
Tua aura de magia
Que me vai curar um dia…

2 comentários:

Jorge Cardoso disse...

"Tenho o tempo que careço
Sem ter tempo que mereço
Sem merecer o que penso
Pensando em teu regaço
No teu corpo sinto o traço
Tua aura de magia
Que me vai curar um dia…*

nem sempre o tempo que temos é o tempo que merecemoe e vice-versa

para o amor numa exposição muitiforma com cura convém que haja tempo!!!

abraço mano...

Andreia Lopes disse...

Quem sabe o que merecemos?
Beijo *